Festa Nacional da Música - DE 18 A 23 DE OUT

Notícias da Festa

Sete compositores contaram histórias de mais de duas dezenas de canções clássicas da MPB. (Crédito: Vítor Corso/FNM) Sete compositores contaram histórias de mais de duas dezenas de canções clássicas da MPB. (Crédito: Vítor Corso/FNM) Clique aqui para baixar a imagem em alta resolução

Compositores relembram clássicos em uma Casa das Artes lotada

Em um dos espaços mais tradicionais da Festa Nacional da Música, o Ninho da Criação, compositores consagrados revelam a origem de músicas que foram sucesso na voz de outros artistas

A Fundação Casa das Artes, em Bento Gonçalves, ficou pequena para a quantidade de sucessos musicais que tomaram conta do espaço na noite deste domingo. Compositores de clássicos da música popular brasileira contaram histórias sobre suas composições no Ninho da Criação.

O evento celebra autores que criaram verdadeiras obras-primas e que ficaram famosas na voz de outros intérpretes. Michael Sullivan e Paulo Massadas relembraram duas canções célebres na voz de Tim Maia: “Um Dia de Domingo” e “Me Dê Motivo”. Esta, segundo Massadas, foi a música que abriu as portas do mercado musical para a dupla:

“Estávamos começando e pensando que, quem sabe, um dia o Tim Maia gravaria algo nosso. Mandamos a música esmo para uma gravadora, uns amigos pegaram e começaram a ensaiar. O Tim gostou, começou a tocar flauta, e o resto é história.”

Entre brincadeiras, os compositores começaram a comparar a quantidade de composições e a variedade de artistas que interpretaram suas obras. Carlos Colla gabou-se de ter 44 músicas suas gravadas por Roberto Carlos. Luiz Carlos Sá foi festejado por emplacar três canções na trilha sonora de Roque Santeiro. Nando Cordel contabilizou 50 composições para Elba Ramalho.

Já Antônio Villeroy citou que teve gravações de artistas de A a Z, exceto pela letra K, antes de apresentar “Ruas de Outono”, que ficou conhecida na voz de Zizi Possi. Na mesma hora, Nando Cordel provocou e lembrou de “Dedicado a Você”, canção sua em parceria com Dominguinhos interpretada também por Zizi.

O mais aplaudido, entretanto, foi Peninha. Estreante no Ninho, ele arrebatou o público logo de cara com “Sonhos” e “Sozinho”. Por ambas, agradeceu a Caetano Veloso, que difundiu as canções no país inteiro:

“Eram músicas bregas, só tocavam em rádio AM. Depois que ele gravou, tomaram outra proporção.”

Duas horas e muitos sucessos depois, o público se despediu dos artistas cantando, em pé, um pot-pourri de temas infantis de Sullivan e Massadas.

Festa Nacional da Música - De 21 a 24 de outubro, a Festa Nacional da Música reúne artistas e profissionais do setor em shows e debates em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha. Todos os ritmos estarão representados na programação que conta com artistas de todo o país.

Cidade da Música/Festa da Música - De 11 a 18 de outubro, a música tomou conta de ruas, parques, asilos e outros locais públicos da capital gaúcha durante o roteiro gratuito da Festa Nacional da Música. A programação completa está no site http://www.festanacionaldamusica.com.br/2019/index.php

Confira fotos em alta resolução no link abaixo:

http://www.festanacionaldamusica.com.br/2019/index.php/fotos#init

 

Matheus Beck



Cadastre-se para
saber mais