Festa Nacional da Música - DE 18 A 23 DE OUT

Artistas


Preto no Branco

Preto no branco é um projeto que reúne grandes artistas brasileiros, em uma proposta musical ousada e certeira, que combina muito mais que o tom negro da pele de cada um deles. Liderada pelo vocalista Clovis Pinho e o baterista Jean Michel, a banda tem como marca a versatilidade e dinamismo, tornando única cada música e apresentação.

Com pouco mais de três anos de carreira e três trabalhos gravados, o Preto no Branco já ocupa o posto de principal grupo do país e ultrapassou a marca de meio bilhão de visualizações no canal oficial do YouTube, com destaque para o clipe “ninguém explica deus”, com mais de 350 milhões de views - primeiro clipe na plataforma Vevo a alcançar tal marca. Inicialmente, o grupo era formado por Clovis Pinho, Weslei Santos, Juninho Black e Eli Soares. Com essa formação, a banda lançou o seu primeiro projeto: Preto no Branco - Ao Vivo, em 2015, e contou com as participações especiais dos artistas Salomão do Reggae, Lukão Carvalho, Gabriela Rocha, Pedro Vuks, Ian Alone e Israel Salazar.

Dois anos depois, o grupo lançou Preto no Branco 2, também dirigido por Alex Passos, que foi gravado no Centro de Belo Horizonte (MG), com uma identidade visual urbana e músicas que tratam do cotidiano. "Preto no Branco 2" trouxe letras profundas, com mensagens voltadas para os problemas da sociedade atual. O trabalho contou com as participações especiais dos cantores Priscilla Alcantara, Lorena Chaves e André Valadão.

Em outubro de 2018, o grupo gravou o projeto Preto no Branco 3, na Ibab, em São Paulo. “Preto no Branco 3” não é apenas mais um trabalho mas, sem dúvida, o projeto mais maduro da banda e, talvez, o mais inusitado. A começar pelas letras das canções. Com linguagem forte, as músicas trazem temas e estilos bem diversificados, que se adequam às mais diversas situações e que comunica tanto com o público de dentro da igreja quanto com o de fora. Outro ponto que surpreendeu foram as participações especiais que tem nomes consagrados não só na música cristã, mas também na música secular: Marquinhos Gomes, Gabriela Gomes, Nívea Soares, Marcos Almeida, Paulo Nazareth, Sync3, Kivitz e César Menotti & Fabiano.

Cadastre-se para
saber mais