Festa Nacional da Música - DE 18 A 23 DE OUT

Artistas


Arlindinho

Presença confirmada na Festa Nacional da Música, Arlindinho é o terceiro Arlindo da família. Com o nome do pai e do avô sambistas, aos 7 anos de idade ele já demonstrava intimidade com os instrumentos de percussão, e aos 25 anos já tem uma trajetória de respeito no samba.

A paixão por samba-enredo também teve influência da mãe, Babi, referência na arte de porta-bandeira, a quem sempre acompanhou. Assim, Arlindinho descobriu que o seu destino seria seguir os passos do pai, Arlindo Cruz, cumprindo a difícil tarefa de compor, tocar e interpretar a música mais popular do nosso Brasil: o samba.

A estreia na passarela do samba foi aos 11 anos, desfilando pela "Império do Futuro". Aos 13, compôs e defendeu na avenida seu primeiro samba-enredo para a escola mirim "Estrelinha da Mocidade", sagrando-se campeão.

Além de participações em trabalhos do pai, se engajou nas disputas de samba-enredo (desta vez contra a vontade da família) e formou o grupo "Bambas de Berço", com filhos de grandes sambistas.

Em 2016, gravou junto com seu pai o Álbum “2 Arlindo’s”, com o qual saíram em turnê por todo o país e que foi interrompida em virtude de problemas de saúde do pai em março deste ano. Mas como a vida é feita de batalhas e o show tem que continuar, Arlindinho segue cantando e deu início a um projeto chamado “Arlindinho canta Arlindo”, onde ele percorre um pouco da trajetória musical do seu pai como cantor e compositor.

Mas nem só de samba vive o músico, que criou o "Baile do Arlindinho". Nele, apresenta ao público outras vertentes da música, como Tim Maia, Benjor, Djavan, Sandra de Sá e muito mais.

Cadastre-se para
saber mais