Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer apresenta:

Festa Nacional da Música - De 21 a 24 de Out

Releases da Festa

Registro dos artistas no palco depois do show de Sandra de Sá, que fez todo mundo levantar com “Olhos Coloridos”. (Rosa Marcondes/Especial) Registro dos artistas no palco depois do show de Sandra de Sá, que fez todo mundo levantar com “Olhos Coloridos”. (Rosa Marcondes/Especial) Clique aqui para baixar a imagem em alta resolução

Festa da Música encerra com encontros inesquecíveis e muitas surpresas

Na noite de encerramento da 14ª edição, artistas promovem reuniões inusitadas, lançam canções novas e emocionam o público do Hotel Dall’Onder, em Bento Gonçalves

A emoção da noite de homenagens se estendeu para a cerimônia de encerramento da Festa Nacional da Música. Nesta terça-feira, artistas promoveram encontros especiais no palco do Hotel Dall’Onder, em Bento Gonçalves, apresentaram novas canções e comemoraram o grande encontro — a própria Festa —, que acontece há 14 ininterruptos anos.

O produtor José Milton de Araújo abriu a noite pedindo palmas para Ângela Maria, falecida em setembro, com quem gravou oito álbuns e quem lhe apresentou Roberto Carlos, e ainda cantou “50 Anos”. Depois, Luiz Carlos Sá, Flávio Venturini e a banda 14 Bis se juntaram para interpretar clássicos como “Noites Com Sol” e “Linda Juventude” (Venturini), e “O Sertão Vai Virar Mar” (Sá).

“Assim como nós, todos os artistas da Festa estão fazendo esses encontros de todas as tendências e gerações”, definiu Sá.

O desfile de sucessos seguiu com a beleza e sensibilidade de Rosemary. A cantora interpretou “Jóia”, de Roberto e Erasmo Carlos, reivindicando o respeito às mulheres, “Esse Cara É Você” e “Bons Amigos”. Em seguida, o baixista Rodrigo Santos trouxe Os Lenhadores para executarem “Juntos De Novo”, “Rádio Blá”, de Lobão, e os hits do Barão Vermelho “Pro Dia Nascer Feliz” e “Bete Balanço” (com participação de Ivo Meirelles).

O rock ´n´ roll seguiu com os gaúchos da Fresno. A banda tocou algumas de suas maiores canções, como “Manifesto” e “Infinito”.

“Muito bom estar com nossa classe e falar este idioma universal, que é a música. Todo ser humano é artista. A diferença é que alguns sobem ao palco”, disse Lucas.

Nando Cordel precisaria de alguns dias para apresentar as mais de mil composições. Mesmo com pouco tempo, arrebatou o público com “Gostoso Demais”, “Paz Pela Paz” e “O Jardim da Minha Mente é Lindo”. Tão presente quanto ele na Festa da Música, apenas Sandra de Sá. A cantora convidou artistas revelados em seu projeto Baculêjo das Artes para mostrar alguns trabalhos. Sua esposa, Simone Floresta, apresentou “Olhos Cor de Canela”, e “Nega Abusada”, e Nanda Fellyx cantou “Ela Tira Onda”. No fim, é claro, fez todo mundo levantar com “Olhos Coloridos”, em uma invasão ao palco por diversos artistas.

“É um prazer sexual estar com todos aqui”, brincou Sandra.

Uma das artistas que seguiu no palco foi Adryana Ribeiro. A cantora interpretou clássicos do samba como “As Coisa Que Mamãe Me Ensinou”, “Isso é Fundo de Quintal”, “Vai Vadiar” e “Deixa a Vida Me Levar”. Depois dela, outro rosto recorrente na Festa, Sérgio Reis, foi ovacionado quando pegou o microfone para cantar “Tocando em Frente” acompanhado por Gabriel Sater, filho do parceiro Almir. Ele ainda recordou “Coração de Papel”, “Comitiva Esperança” e “Amora”.

“Eu que já participei de todas posso dizer que esta é a edição mais gostosa”, garantiu.

Gabriel Sater ainda mostrou sua versão de “Merceditas” e homenageou Luiz Carlos Sá com “Boca do Mato”. Bavini, filho de Serjão, fez o mesmo com “Sapato Velho”, de Mu, Cláudio Nucci e Paulinho Tapajós. Eliza Marin, vocalista do Barra da Saia, emocionou todos com “Nunca”, de Lupicínio Rodrigues.

Léo Pain, o vencedor da edição mais recente do The Voice Brasil, interpretou “É o Amor” e lançou a nova música de trabalho, “Ela Não Merece”, ainda inédita.

“Era para ser lançada nas rádios e nas mídias digitais a partir de novembro, mas pedi para meus sócios para lançá-la na Festa da Música. Não haveria melhor lugar”, afirmou.

Tico Santa Cruz seguiu comandando a Festa com “Olhos Certos” e “Você Me Faz Tão Bem”, do Detonautas. Ele sugeriu uma celebração de amor e pediu que todos se abraçassem:

“O amor é a única revolução verdadeira. É assim que funciona a democracia e é assim que eu espero que continue funcionando”, manifestou.

Ainda se apresentaram a banda República, a cantora Raquel Luz, o cantor Délcio Tavares e o multi-artista Daniel Del Sarto.

As duas noites de Festa serão reprisadas pela TVE, para o Rio Grande do Sul, e pela Music Box Brazil, para o resto do país.

Festa Nacional da Música - De 21 a 24 de outubro, a Festa Nacional da Música reúne artistas e profissionais do setor em shows e debates em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha. Todos os ritmos estarão representados na programação que conta com artistas de todo o país.
Cidade da Música/Festa da Música - De 11 a 18 de outubro, a música tomou conta de ruas, parques, asilos e outros locais públicos da capital gaúcha durante o roteiro gratuito da Festa Nacional da Música. A programação completa do evento está no site festanacionaldamusica.com.br/2018

Confira fotos em alta resolução no link abaixo:

http://festanacionaldamusica.com.br/2018/index.php/fotos#init


Voltar

 assessoria de imprensa

Fone: +55 51 3325-6249

Cadastre-se para
saber mais