Ministério da Cultura, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e VIVO apresentam:

Festa Nacional da Música - De 21 a 24 de Out

Notícias da Festa

Rappin Hood Rappin Hood Clique aqui para baixar a imagem em alta resolução

RAPPIN HOOD retorna à Festa da Música

Rappin Hood, um dos nomes mais respeitados do universo Hip Hop estará novamente na Festa Nacional da Música desse ano, depois de ser homenageado na edição anterior. Em setembro de 2013 o rapper lançou clipe do single 'Ó o Auê Aí O', música de trabalho de seu próximo disco de estúdio.

O tão esperado CD “Sujeito Homem Vol. III”, no qual o rapper prepara há um tempo, conta com a faixa “Cara de Mau”. Com sample de “História de um Homem Mau”, de Roberto Carlos, o som conta a história de um mano da quebrada que de bom exemplo não tinha nem a cara e, obviamente, ficou sem um final feliz.

Outra música do novo disco será “Agora Só Falta Você”, que traz a participação de Negra Li. O som é uma releitura do clássico de mesmo nome da cantora Rita Lee, lançado originalmente no CD “Fruto Proibido”, em 1975. A nova versão de “Agora Só Falta Você” foi produzida pelo Parteum, e a gravação e a mixagem ficaram por conta de Guilherme Canaes, no Trama Studios.

Rappin Hood cresceu na periferia da cidade de São Paulo, e começou a compor aos 14 anos de idade. Estudou trombone e corneta e, em 1989, lançou-se como rapper, quando venceu um campeonato de rap.

Em 1992, formou a banda Posse Mente Zulu. Em 1995, apresentou-se, juntamente com o conjunto, em um evento de bandas de rap no Vale do Anhangabaú, em homenagem aos 300 anos de Zumbi dos Palmares. O Posse Mente Zulu teve o clip da música "Sou Negão", apresentada no show, gravado e exibido pela MTV Brasil. Em 1998, "Sou Negão" foi lançada em LP e CD em parceria com o DJ KL Jay, do grupo Racionais MC's, atingindo 18.000 cópias vendidas.

Em 2001, Rappin Hood lançou seu primeiro disco solo pela gravadora Trama, intitulado “Sujeito Homem” e com participação dos rappers Xis, KL Jay e Gustavo Black Alien. Ainda neste ano, criou e apresentou o programa "Rap Du Bom", transmitido aos sábados na 105 FM.

Em 2004, gravou o disco “Sujeito Homem 2”, no qual participaram diversos nomes da música brasileira, como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Arlindo Cruz, Jair Rodrigues, Zélia Duncan e Dudu Nobre, além de Will Calhouns e Doug Wimbish, da banda de hard-rock estadunidense Living Colour.

Em 2008, assinou contrato com a TV Cultura para apresentar o programa “Manos e Minas”, que vai acompanhar a produção atual e resgatar histórias da cultura negra brasileira e internacional, em especial a música em suas várias vertentes, como rap, funk, soul, jazz, reggae, samba, MPB. O programa também abordava iniciativas e realizações da cultura de periferia, que se agigantou nos últimos anos sem ter contrapartida na grande mídia. Com apresentação do rapper e líder comunitário Rappin Hood, sonorização de DJ Primo, o programa contava com a participação de artistas musicais, grafiteiros e dançarinos de break convidados no Teatro Franco Zampari.

Rappin Hood já ganhou distinções como “Melhor Revelação” no “Prêmio Hutúz”, em 2001.



Cadastre-se para
saber mais