Ministério da Cultura, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e VIVO apresentam:

Festa Nacional da Música - De 21 a 24 de Out

Artistas


IVO MEIRELLES

Músico, compositor, ex-dirigente de escola de samba, produtor de clipes de carnaval, enfim, múltiplo. Assim é Ivo Meirelles, que aos 6 anos aprendeu a tocar repinique, na bateria mirim da Estação Primeira de Mangueira. E fez da percussão a base da sua música, marcada pelo balanço do Funk'n'Lata, no qual ele colocou a bateria de escola de samba na batida do swing, black music e funk nos anos 1990. “Sinto tanta saudade do Funk'n'Lata que gravei um disco com a rapaziada para comemorar 21 anos da fundação do grupo”, disse o artista, confirmado na edição 2018 da Festa da Música.

Já comemorando 31 anos de carreira, ele também presenteou o público com um novo DVD, “Samba Pop do Meirelles”. Sem perder o pique, ainda se reuniu com “um grupo de ilustres flamenguistas” – Dudu Nobre, Xande de Pilares, Buchecha e Sandra de Sá – para produzir o EP "ConFLAria".

O primeiro reconhecimento chegou em 1986, com o vitorioso samba-enredo “Caymmi Mostra ao Mundo o que a Bahia e a Mangueira Têm”. E aconteceram muitas parcerias musicais, com nomes como Lobão, Pepeu Gomes, Arlindo Cruz, Xande de Pilares, além de encontros especiais.

Este ano, Ivo Meirelles lança o projeto SertaSamba, com repertório que traz o melhor da "sofrência" sambista. Conhecido por misturar ritmos, o cantor passeia com desenvoltura pelos dois gêneros musicais. No repertório estão sucessos como “Medo bobo”, de Maiara & Maraísa, “Ninguém é de ferro”, de Wesley Safadão, “Vidinha de balada”, de Henrique e Juliano, “Domingo de manhã”, de Marcos & Belutti, entre outros hits.

Ivo conta que a ideia de criar o projeto surgiu após receber diversos pedidos do público para incluir sertanejo – o ritmo que domina as rádios do Brasil – em seu setlist.

Cadastre-se para
saber mais