Ministério da Cultura, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e VIVO apresentam

Notícias da Festa

Compositores de Seu Hit que criaram o sucesso Compositores de Seu Hit que criaram o sucesso "Aquele 1%". (crédito: Divulgação/FNM) Clique aqui para baixar a imagem em alta resolução

Nata dos compositores sertanejos estará segunda-feira em Porto Alegre

Cerca de 40 profissionais participam da Festa Nacional da Música

Compositores de "Aquele 1%", "Ar Condicionado no 15" e "TimTim", de Wesley Safadão; "Medo Bobo", de Maiara & Maraisa; "Na Conta da Loucura", de Bruno e Marrone, e "Terapinga", de Fernando & Sorocaba, estarão na capital gaúcha, a partir de segunda-feira. Considerados ‘filé mignon’ do estilo sertanejo, eles são responsáveis pela composição de muitos outros sucessos nacionais que arrastam multidões de fãs e por essa onda crescente de cantores sertanejos e do forró que explodem nas mídias. 

Júnior Pepato, Magno Sant’Anna, Thiago & Graciano, Pedro & Benício, Vinícius Poeta, Samuel Deolli, Junior Gomes, Thiago Rossi, Thales Lessa, Elcio di Carvalho, Diego Silveira, Lucyana Villar, Ivan Medeiros, Vine Show, Rafael Borges, Luiz Henrique Paloni, Shylton Fernandes, Philipe Pancadinha, Breno Casagrande, Gabriel do Cavaco e Diego Damasceno já confirmaram presença.

A forma que esse grupo de compositores criou para compor músicas já virou tendência nacional e é receita de sucesso para continuar a inovar e renovar as Top10 das playlists. De acordo com o gerente-artístico do Núcleo Sertanejo da Associação Brasileira de Música e Artes (Abramus), Leandro Valle de Mello, existem gincanas musicais, reuniões de grupo, convites a compositores emergentes e tradicionais e muito estudo e observação do comportamento das relações humanas. “Eles são muito unidos e, ao mesmo tempo, sem fronteiras. A força que carregam e transmitem aos iniciantes garante uma qualidade musical que já chama a atenção de outros estilos”, destaca Mello. Foram e são sucessos implacáveis. 

A Abramus tem hoje cerca de 55 mil associados e representa aproximadamente 80% do mercado sertanejo. Conforme Mello, o universo sertanejo está muito associado ao universo do forró. Por isso, as projeções e tendências acabam se misturando e os compositores criando, concomitantemente, para ambos, além do Núcleo Sertanejo abranger esses dois estilos.

Nova geração de compositores - A maior prova de sucesso de que a receita dessa nova geração de compositores está dando certa é a criação do Seu Hit. Grupo formado por cinco compositores do nordeste brasileiro, que se reuniram, em meados de 2014, para compor músicas sertanejas por cerca de cinco meses. Vinícius Poeta, Júnior Gomes, Benício Neto, Renno Poeta e Vine Show, assim que finalizaram as composições, saíram de Fortaleza (CE) a Gôiana (GO) para apresentar suas letras e arranjos a cantores já consolidados. Acabaram conhecendo Marília Mendonça, Henrique & Juliano e outros intérpretes que despontaram hits de sucesso.

A partir de 2015, a turma se consagrou no mercado musical e passou a ser uma das molas propulsoras a inovação e renovação desse segmento. O compositor Vine Show, 28 anos, de Fortaleza e integrante do Seu Hit, destaca que cada um teve uma trajetória difícil, cada um à sua maneira, até atingirem o sucesso, muito almejado por vários compositores brasileiros.

Hoje, eles convidam compositores, fazem parcerias com profissionais tradicionais e emergentes e são exemplos de dedicação, estudo e amor à profissão. “A maioria das músicas é composta a partir de histórias reais, nossas ou não. Até hoje ainda não caiu a ficha, pelo menos para mim, que atingimos esse sucesso. Atualmente muitos artistas nos procuram por causa das nossas composições”, conta Vine Show, que estará na capital gaúcha na segunda, dia 23 de outubro.

Festa Nacional da Música – Marcada pela diversidade de estilos, a Festa Nacional da Música promove a integração de artistas de todo Brasil e dos mais variados gêneros musicais. Do rock ao samba, do funk ao forró, do rap ao sertanejo, da MPB à música clássica, o clima é de descontração e intercâmbio cultural junto a personalidades de renome do mercado da música, como empresários, produtores e representantes de gravadoras. Shows espontâneos, parcerias improvisadas, jam sessions e debates importantes acerca da indústria fonográfica brasileira dão o tom do evento.

Cidade da Música – Neste ano, o maior encontro da música brasileira irá tomar conta das ruas de Porto Alegre em uma programação aberta ao público e especialmente voltada a artistas regionais e locais: a Cidade da Música. Realizada de 12 a 21 de outubro como uma espécie de aquecimento para as atrações já tradicionais, as atividades serão gratuitas e passarão pelos principais pontos da capital gaúcha, como parques, praças, estações de trem e teatros.



Cadastre-se para
saber mais