Ministério da Cultura, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e VIVO apresentam

Artistas

De 12 a 25 de Out
Porto Alegre - RS

Fabinho Vargas

Depois de quatro anos do lançamento do seu primeiro CD, “...e nada me faltará”, Fabinho Vargas lançou no Domingo Gospel da  Festa Nacional da Música 2016 seu novo álbum, “Na Fé”. Neste disco, o cantor voltou a beber na fonte que o consagrou como um dos mais importantes intérpretes da música regional gaúcha.

"Na fé" vem recheado com vanerão, chote e milonga - ritmos tradicionais da musica gaúcha, mas revestidos de uma sonoridade moderna e com um pezinho também na música sertaneja atual. Acordeon, saxofone e carron se misturam a violinos, violas e violoncelos formando uma sonoridade inusitada e criativa. O álbum conta com seis canções assinadas pelo cantor. Dessas três são com Marcelo Sherer, uma com Josué Cruz, uma sozinho e uma com Lê Vargas que também assina a produção musical.

O cantor e produtor Jeter Audrei também assina uma canção de forma individual, assim como o cantor mineiro Eli Soares que compôs duas canções e faz uma participação especial no louvor “Meu Senhor”.

Nascido em São Leopoldo (RS), Fabinho Vargas compôs sua primeira canção aos 9 anos e, aos 14, iniciou sua carreira musical no meio secular. Em 1990 fundou junto com seus dois irmãos o grupo Tchê Guri. Com o grupo foi um dos precursores da popularização da música gaúcha, sendo líder da banda por mais de 15 anos. Gravou com o grupo 10 CDs e 1 DVD, além de 1 CD solo cantando clássicos da música gaúcha. Destes, dois foram discos de ouro e um foi indicado ao Latin Grammy.

Em 2009, com um quadro de síndrome do pânico e profundamente abalado pela doença da esposa (esclerose múltipla – doença incurável para a medicina) conheceu a palavra de Deus por meio do Pastor Joel Giesta a quem havia sido apresentado.

Em janeiro de 2010, após uma conversa com Deus, Fabinho pediu a cura da esposa, concedida por Deus. “O Senhor começou uma obra de cura na minha esposa, me curou, curou meu casamento e nos deu uma nova vida”, diz Fabinho. Ele e a esposa fizeram um propósito de que fariam um CD de louvores para evangelizar no momento em que Deus mandasse. Em setembro de 2011 veio a palavra e no dia 18 de dezembro foi lançado de forma independente o CD “...e nada me faltará”. No dia 25 de maio de 2014, Fabinho Vargas foi ordenado “Evangelista” em culto celebrado na congregação de São Leopoldo do Ministério ABA, do qual é membro e líder de grupo de crescimento.

Fabinho Vargas tem formação superior em Marketing, é empresário, músico e apresentador do programa "Felicidade Mix", na rádio Felicidade Gospel FM.

Cadastre-se para
saber mais